PERDÃO

Perdoe sempre. O perdão é expressão máxima de espiritualidade. A pessoa verdadeiramente espiritual, perdoa. E quando atinge espiritualidade ainda maior, nem mais perdoa, porque nunca se ofende: como não guarda sentimentos, não tem o que perdoar. Você diz: Não! Eu não consigo perdoar! A ofensa foi muito grave, a mágoa que me ficou dói demasiadamente! Talvez você não consiga se lançar nos braços do seu ofensor, e abraçá-lo, e beijá-lo. Mas, perdoar-lhe, consegue, sim. Todos nós conseguimos. E fazendo um pequeno esforço. Não estamos ainda naquele elevado estágio de espiritualidade dos que nunca se ofendem, nem ofendem a ninguém. Por isso temos, por enquanto, a necessidade do perdão. Temos de perdoar, até mesmo para sermos perdoados.

99980-6789